quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Por que Ananse vive no teto? Parte final

- Papai vai ficar surpreso se vir que nosso plano funciona - riram os irmãos, animados.
Mas foram eles que levaram um susto. Pois ali estava, grudado no gnomo de piche, o próprio Ananse, metido em sua roupa de domingo. Em silêncio, tentaram liberá-lo, rasgando suas roupas durante a operação. Ananse não disse uma palavra, mas fez de tudo para esgueirar-se até em casa antes de o vilarejo despertar.
Era tarde demais, porém. Algumas pessoas o viram com seu traje de domingo rasgado.
- Aquele não é Ananse, quase sem roupa? - perguntavam-se umas às outras, boquiabertas.
- Ananse está pelado. Ananse está pelado! - cantarolaram as crianças.
O que fazer com um Ananse pelado?
Será que está bêbado?
Será que ficou doido?
Que tem de errado com um Ananse pelado?


A cantoria seguiu durante muito tempo.
Foi demais para o orgulho do fazendeiro e, como não dava para sumir, Ananse fez o que pode: galgou as paredes até o teto para esconder sua vergonha.
Desde aquele dia, as aranhas fazem os ninhos nos cantos das casas.
Gostaram da história?
O que acharam?
Que outro final vocês dariam para essa história de Ananse?

Nenhum comentário:

Postar um comentário