quarta-feira, 21 de julho de 2010

Vida de Piolho - 1ª parte

História retirada do livro: Sete Histórias para Contar
Autora: Adriana Falcão
Ilustrações: Ana Terra
Editora: Salamandra


Era um piolho chamado Godofredo que gostava de filosofia. Ele vivia pensando nos dias, pensando nas coisas, pensando na vida. Pensava se valia a pena ser piolho, se fazia sentido morder os outros ou não. Morder ou não morder, eis a questão.
Godofredo era um piolho muito cabeça.
Ele ia pulando de criança em criança no pátio da escola e cada noite dormia numa cabeça, num travesseiro, numa cama, numa casa diferente.
Godofredo gostava daquela vida animada, ora aqui, ora ali, e tinha juízos bem claro a respeito das pessoas. Pra ele, elas eram como palito de picolé, como coluna de prédio, como perna de cadeira. Pessoas eram só partes de baixo que serviam pra apoiar as melhores partes, que ficavam em cima. E o mais incrível é que as partes de cima pensavam. E cada parte de cima, apoiada na de baixo, pensava de um jeito diferente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário